Cronologia das Peças de Shakespeare

Listar as obras de Shakespeare na ordem em que foram escritas é tarefa que sempre gera controvérsia. A cronologia abaixo, necessariamente especulativa, segue, em parte, o que se considera ser consenso entre os especialistas. Onde sou cético com relação ao posicionamento dos mesmos, apresento comentários sucintos, justificando minhas conclusões.

Shakespeare foi batizado no dia 26 de abril de 1564, em Stratford-upon-Avon, e morreu em 23 de abril de 1616. Não sabemos quando ingressou no mundo do teatro, em Londres, mas, a meu ver, isso teria ocorrido já em 1587. Provavelmente, em 1610, Shakespeare volta a residir em Stratford, onde permanece até morrer. Após 1613, ano em que escreveu Os Dois Nobres Parentes ( em colaboração com John Fletcher), Shakespeare, com toda a certeza, abandona a carreira de dramaturgo.

Muito me distancio da visão que prevalece nos estudos shakespearianos tradicionais, ao seguir Peter Alexander, que na obra Introduction to Shakespeare (1964) atribui um primeiro Hamlet (escrito entre 1589 e 1593) ao próprio Shakespeare, e não a Thomas Kyd. E discordo da recente inclusão de Eduardo III (1592-95) no cânone shakespeariano, pois nada encontro na referida peça que seja representativo do dramaturgo que escrevera Ricardo III.

  • Primeira Parte de Henrique VI 1589-90

  • Segunda Parte de Henrique VI 1590-91

  • Terceira Parte de Henrique VI 1590-93

  • Ricardo III 1592-93

  • Os Dois Cavalheiros de Verona 1592-93

A maioria dos estudioso atribui a composição de Os Dois Cavalheiros de Verona ao ano de 1594, mas essa peça é bem mais primária do que A Comédia dos Erros, sendo, a meu ver, a primeira comédia escrita por Shakespeare, entre as que sobreviveram.

  • Hamlet (primeira versão) 1589-93

A referida peça foi incluída no repertório da companhia teatro que veio a ser chamada Lord Chamberlain´s Men, quando Shakespeare nela ingressa, em 1594. Na ocasião, a companhia passa a encenar Tito Andrônico e A Megera Domada. Jamais encenariam peças de Kyd.

  • Vênus e Adônis 1592-1593

  • A Comédia dos Erros 1593

  • Sonetos 1593-1609

É possível que os primeiros sonetos tenham sido compostos em 1589, o que os faria abranger um período de vinte anos na vida de Shakespeare, período esse que terminaria um anos antes do suposto retiro para Stratford.

  • O Rapto de Lucrécia 1593-94

  • Tito Andrônico 1593-94

  • A Megera Domada 1593-94

  • Trabalhos de Amor Perdidos 1594-95

O salto que se observa, das primeiras comédias, à grande celebração da linguagem encontrada em Trabalhos de Amor Perdidos, é de tal ordem significativo que tenho dúvidas quanto a essa data (1594-95), tão no início da carreira, a menos que a versão de 1597, feita para ser encenada diante da corte, seja algo bem mais trabalhado do que apenas uma simples “revisão”. Não existe publicação da peça anterior a 1598.

  • Rei João 1594-96

Eis outra peça cuja data de composição constitui um quebra-cabeça. Muitos dos versos possuem características tão arcaicas que sugerem o Shakespeare de 1589. Contudo, Falconbridge, o Bastardo, é o primeiro personagem shakespeariano a possuir voz inteiramente própria.

  • Ricardo II 1595

  • Romeu e Julieta 1595-96

  • Sonho de uma Noite de Verão 1595-96

  • O Mercador de Veneza 1596-97

  • Primeira Parte de Henrique IV 1596-97

  • As Alegres Comadres de Windsor 1597

  • Segunda Parte de Henrique IV 1598

  • Muito Barulho por Nada 1598-99

  • Júlio César 1599

  • Como Gostais 1599

  • Hamlet 1600-1601

  • A Fênix e a Tartaruga 1601

  • Noite de Reis 1601-2

  • Tróilo e Créssida 1601-2

  • Bem Está o que Bem Acaba 1602-3

  • Medida por Medida 1604

  • Otelo 1604

  • Rei Lear 1605

  • Antônio e Cleópatra 1606

  • Coriolano 1607-8

  • Timão de Atenas 1607-8

  • Péricles 1607-8

  • Cimbeline 1609-10

  • Conto do Inverno 1610-11

  • A Tempestade 1611

  • Elegia para um Funeral 1612

  • Henrique VIII 1612-13

  • Os Dois Nobres Parentes 1613

Referência:

BLOOM, Harold. Shakespeare, A Invenção do Humano.