As Traduções de Shakespeare em Português

Print Friendly, PDF & Email

de Almeida Cunha Medeiros, Carlos

Romeu e Julieta; Macbeth; Hamlet, príncipe da Dinamarca; Botelho, o mouro de Venezia (1978)
obras completas, em prosa, juntamente com Oscar Mendes, republicada numa terceira edição; Editora Nova Aguilar (1989)

 

Bandeira, Manuel (1956/1961)

Macbeth, Rio de Janeiro: José Olympio, 1961.

Braga, Henrique (1900, obras de Shakespeare 1948)

Canseiras de amor baldadas. Antonio e Cleopatra. Timon de Atenas. Bem esta o que bem acaba. Os dois cavalheiros de Verona. (1948)
Os dois cavalheiros de Verona. (1900)
obras de Shakespeare juntamente com: Grave, Rego, Ramos

 

Carneiro de Mendonça, Ana Amélia (1960-) 

Hamlet (1960)
Ricardo III; Henrique V. Tradução de Ricardo III

 

de Carvalho, Joao Jorge (1783)

“Shakespeare na Espanha também lista duas traduções de Júlio César de 1783 feita por Vicente Pedro Nolasco da Cunha e por João Jorge de Carvalho;

 

Cunhal, Alvaro (1961-66)

Rei Lear Tradução e notas de Álvaro Cunhal, 3rd ed. 2002
Alvaro Cunhal (b. 1913, Líder Comunista)

Cunhal traduziu Shakespeare na prisão

UMA nova faceta de Álvaro Cunhal será revelada ao público português em meados de Setembro: a de tradutor do Rei Lear, de William Shakespeare, um clássico da literatura inglesa e mundial. A tradução foi feita quando esteve preso, em Peniche, e publicada em fascículos , quando já se encontrava no exílio. A obra saiu entre 1961 e 1966, numa edição limitada a 110 exemplares, que é hoje uma raridade. O líder histórico do Partido Comunista realizou a tradução em segredo. Os manuscritos foram enviados clandestinamente a Luís Sousa Rebelo, professor em Inglaterra e simpatizante comunista, que editou a obra numa gráfica lisboeta, a Tipografia Scarpa. Para contornar as autoridades da época, recorreu a um pseudónimo feminino, Maria Manuela Serpa, já que o seu nome não podia constar como tradutor. A nova versão, expurgada das gralhas da edição original, e com um desenho inédito de Cunhal na capa, também dos seus tempos de prisão em Peniche, será reedita pela Editorial Caminho e apresentada durante a Festa do Avante!, no dia 7 de Setembro.


Feijó, Antonio

Tradução de António M. Feijó Sonho de uma noite de verão ; O mercador de Veneza, Hamlet
António Feijó é Professor Associado no Departamente de Inglês na Universidade de Lisboa e ensina Teoria Literária no programa de graduação.L. Ele também traduziu Otway, Ashbery e Wilde para o português.

 

Fernandes, Millôr (1966, 80, 84)

Megera domada; (1966) As alegres matronas de WindsorRei Lear (1980);Hamlet (1984)
Millor Fernandes (1924- )
Toda a obra de William Shakespeare está sendo lançada na coleção em novas e modernas traduções de Millôr Fernandes e Beatriz Viega-Farias

 

Flaksman, Sergio (1990=

Noite de reis ; ou, o que quiserem.

 

Grave, Joao (obras de Shakespeare, 1948)

Pericles: príncipe de tiro; Mercador de Venezia
obras de Shakespeare
 together with: Braga, Rego, Ramos

Heliodora, Barbara

Traduziu 27 das obras de Shakespeare, entre as quais:
Coriolano, Henrique V,
King Lear, Othello, Macbeth, A Midsummer Night’s Dream, The Tempest, The Comedy of Errors.

 

Lacerda, Carlos Frederico Werneck de

Júlio César (1965)

Romeu e Julieta (1980)

 

Leal, José Maria Silva

Leal, José Maria Silva, O Intrigante de Veneza. Drama em 5 Actos e 8 Quadros., Lisboa, Typographia de Antonio Sebastião Coelho, 1842 
cf.

Dom Luis (King of Portugal) (1877)

Hamlet: the first translation published in Portugal

de Melo Brandão, Simão

Othello, cf.

 

Nunes, Carlos Alberto (1976)

obras completas

Sonho de uma noite de verão ; O mercador de Veneza tradução de Carlos Alberto Nunes Rio de Janeiro 1966

Hamlet, Tempest A Megera domada, Macbeth, Otelo, Julio Cesar, Rei Lear, Romeo e Julieta, Antonio e Cleopatra, Tudo bem quando termina bem, As alegres senhoras de Windsor; A comédia dos erros; Sonho de uma noite de verão; O mercador de Veneza; Os dois cavalheiros de Verona; Trabalhos de amor perdidos; Medida por medida; Conto de inverno; Coriolano; Muito barulho por nada; Tito Andrônico; Ricardo III; A famosa história da vida do Rei Henrique VIII; Vida e morte do Rei João; A tragédia do Rei Ricardo II; Henrique IV (parte I) Henrique IV, Parte 2

 

de Oliveira Gomes, Aíla

King Lear

 

de Pennafort, Onestaldo (1940, 1956)

1940 – Rio de Janeiro RJ – Tradutor de Romeu e Julieta, de Shakespeare, publicada pelo Ministério de Educação e Saúde
1956 – São Paulo SP – Prêmio de Tradução, pela peça Otelo, de Shakespeare, concedido pela Associação Paulista de Críticos de Arte
Onestaldo de Pennafort (Rio de Janeiro RJ, 1902-1987)

 

Ramos, Domingos (1900-28)

Julio Cesar; Hamlet, Principe de Dinamarca (1900); Macbeth (1912, 1925); Rei Lear (1928); As alegres comadres de Windsor (1947)
obras de Shakespeare juntamente com: Braga, Grave, Rego

 

Rego, Teixero (1948)

Coriolano (1948)
obras de Shakespeare juntamente com: Braga, Grave, Rego, Ramos


Reis, Paulo

Sonho de uma noite de verao

 

de Salles, Arthur (1952)

Macbeth (in Alexandrine verses)
Arthur de Salles, Brasilian (1798 – 1952)
Macbeth; Rei Lear.
Carlos Bernardo Loureiro: “Arthur De Salles – O Doce Poeta Do Além”,

 

Silva, Oliveira (1835) 

A primeira tradução reconhecida de Hamlet para o português

 

da Silva Ramos, Pericles Eugênio (1966)

A tragédia de Macbeth.

 

Siqueira, José Rubens

Hamlet

 

Viega-Farias, Beatriz

Toda a obra de William Shakespeare está sendo lançada na coleção em novas e modernas traduções de Millôr Fernandes e Beatriz Viega-Farias (vencedora do prêmio Açorianos com a tradução de Otelo)
Wanderley, Jorge (1992)

O Rei Lear

 

Sonetos

Barroso, Ivo

 

Cruz, Gastão

Gastão Santana Franco da Cruz, nasceu em Faro, 1941, traduziu Shakespeare, Strindberg, e Cocteau para o português. Veja Nuno Júdice em Machado, ed., Dicionário da literatura portuguesa, pp. 156-7.

 

Mujica Lainez, Manuel (1983)

  1.  Seleccion y traduccion de Manuel Mujica Lainez (1983)

 

da Silva Ramos, Pericles Eugenio (1965-70)

Seleção de 22 sonetos.(1965)
Sonetos (1970)

Souza, Fabricio

 

Wanderley, Jorge (1991)

 

1607 Hamlet, encenado pelo tripulação do Capitão Keeling, Red Dragon, numa tradução de Lucas Fernandez em Serra Leoa
1783 Vicente Pedro Nolasco da Cunha e Joaõ Jorge de Carvalho: Julius Caesar
1835 Hamlet: O texto de Oliveira Silva’s numa performance no Brasil por Joao Caetano in 1835
1839 José Maria Silva Leal (1812-1883) O Intrigante de Veneza (Othello)
1877 Dom Luis (King of Portugal): Hamlet
1900 Domingos Ramos, Julius Caesar, Hamlet
1956 Manuel Bandeira Macbeth
1948 obras de Shakespeare : Braga, Grave, Rego, Ramos
1976 obras completas: Carlos Alberto Nunes (prosa)
1966- Millôr Fernandes e Beatriz Viega-Farias