Please consider donate. | Por favor, considere doar qualquer quantia para mantermos o site.

Inicial Fórum Sonetos e Poemas de Shakespeare Os Sonetos Soneto 25, Tradução de Mário Amora Ramos

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #10924

    “Que aqueles que estão favorecidos por seus astros
    Vangloriem-se de sua honra pública e de seus títulos pomposos,
    Enquanto eu, a quem a Fortuna barra deste triunfo,
    Sem o prever, usufruo daquilo que mais prezo.

    Os favoritos dos grandes príncipes espalham suas belas pétalas
    Mas, como o malmequer ao sol,
    Seu orgulho jaz neles próprios,
    Pois ao franzir de um cenho eles morrem em sua glória.

    O sofrido guerreiro famoso na batalha,
    Após mil vitórias uma vez caído,
    É do livro da honra praticamente apagado,
    E todo o passado, pelo qual lutou, esquecido.

    Então feliz sou eu, que amo e sou amado,
    De onde não me removo nem sou removido”

Visualizando 1 post (de 1 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.

Fechar Menu