Please consider donate. | Por favor, considere doar qualquer quantia para mantermos o site.

Inicial Fórum Peças A Megera Domada Sinopse

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #10811

    A Megera Domada

    Em um duelo de forças, William Shakespeare nos brinda com uma história onde todos fazem tudo por amor. Mentem, trapaceiam, dominam e são dominados. A Megera Domada, de 1596, uma de suas primeiras comédias, logo se tornou muito popular.Com muito humor e picardia, o mestre da dramaturgia defende os direitos da mulher e critica o machismo. A peça é uma bela comédia de costumes, repleta de movimento e alegria.

    A obra foi adaptada de uma antiga comédia de autor desconhecido. Alguns críticos afirmam que Shakespeare teve um colaborador na elaboração deste seu trabalho teatral.

    Personagens

    Um nobre
    Cristóvão Sly – caldeireiro
    Hoteleira, pajem, atores, caçadores e criados
    Batista – rico gentil-homem de Pádua.
    Vicêncio – velho gentil-homem de Pisa.
    Lucêncio – filho de Vicêncio, apaixonado de Bianca.
    Petrucchio – gentil-homem de Verona, pretendente de Catarina.
    Grêmio
    Hortêncio
    Trânio
    Biondello
    Grúmio
    Curtis
    Um professor, preparado para fazer o papel de Vicêncio.
    Catarina – a megera
    Bianca
    Viúva
    Alfaiate, logista e criados a serviço de Batista e de Petrucchio.

    Enredo

    Um fidalgo acostumado a pregar peças nos outros encontra Cristóvão Sly, um caldeireiro adormecido pela embriaguez em um canto da cidade. Leva-o para o seu castelo, acomoda-o em seu melhor aposento e arranja- lhe uma bela esposa de mentira. Ao acordar, Sly é convencido de que é realmente um nobre e que estivera louco por quinze anos. Para diverti-lo e evitar que volte ao vício, resolvem encenar uma peça que tem por título “A Megera Domada”. Na história, Batista Minola é um rico mercador da cidade de Pádua, e pai de duas filhas: Catarina, de gênio terrível, que recusa todos os homens que se aproximam dela, e Bianca, que é, ao contrário da irmã, cordata e mansa.

    Bianca tem muitos admiradores e candidatos, mas o velho pai está decidido somente a autorizar seu casamento quando Catarina encontrar também um noivo. Lucêncio, jovem estudante pisano, enamorado de Bianca, troca de roupas com seu empregado Trânio e se faz professor de línguas das filhas de Batista. Ortêncio, também apaixonado por Bianca, sente-se muito encorajado quando seu amigo Petrucchio, de Verona, homem tão temperamental quanto Catarina, chega à cidade para encontrar uma rica esposa, disposto a se casar com qualquer megera desde que tenha bom dote. Apesar de tudo o que ouve sobre Catarina, declara que lhe fará a corte. Ao ser cortejada, Catarina faz jus à sua fama, mostrando-se o mais antipática possível. E Petrucchio, à custa de muita astúcia, consegue realizar a façanha.

    A trama gira em torno das diabruras que Petrucchio faz para amansar a fera Catarina.

Visualizando 1 post (de 1 do total)

Você deve fazer login para responder a este tópico.

Fechar Menu